20 de out de 2012

Análise: Hungry Ghosts


Análise: Hungry Ghosts

 

Olá amantes do console eterno! Iniciarei aqui uma pequena série sobre os games obscuros de ps2. Boa parte desses games foi lançada exclusivamente no Japão, e nunca colocaram os pés no ocidente. Pra começar um survival horror do qual vocês provavelmente nunca ouviram falar: Hungry ghosts.


História


Apesar de totalmente em japonês, consegui a sinopse do jogo por meio de sites especializados: “Este bizarro jogo de PlayStation 2 foi lançado por um japonês publicação Famitsu revista. É interpretado por um personagem que se torna uma espécie de purgatório. O problema é que o protagonista tem de chegar as portas do Juízo, para ser julgado uma vez e enviado para um inferno de fogo ou o céu abençoado.”



Basicamente começamos o jogo mortos. Nos vemos dentro do barco que nos leva ao mundo dos mortos e conversamos com Caronte (quem conhece um pouco de mitologia grega ou, pelo menos, viu “cavaleiros do zodíaco” sabe do que estou falando). O protagonista morreu no meio de uma guerra, mas ainda não está definido se irá ao paraíso ou ao inferno. O jogo gira em torno da busca pelo destino final, e as ações do jogador é que dirão que destino será.
Perdemos muito do enredo do game pelo fato dele ser em japonês, mas nada que impeça a jogatina.

Jogabilidade:




O jogo é com visão em primeira pessoa. Guiamos o personagem em meio ao bizarro mundo por meio do analógico esquerdo. Atacamos com armas com o analógico direito e efetuamos algumas ações, como pegar itens, com os botões. Nada muito complicado.
É bem divertido explorar o purgatório em busca de itens especiais. Começamos com uma lança que utilizamos pra atacar inimigos e “torturar” alguns condenados que encontramos amarrados pelo caminho em busca de itens.
Alias, inimigos é que não faltam no game! E eles podem vir de toda a parte, pregando um baita susto no jogador! Outro momento do jogo que “dá medinho” é na hora de se abaixar e pegar um item com a mão: tudo pode acontecer, desde um simples ataque até ter a mão devorada por um baita monstrão!!

Gráficos




Apesar de ser um game lançado em 2003, Hungry possui gráficos muito bonitos. No purgatório, a visão é muito limpa, ao contrário da densa névoa que encontramos em games como silent Hill ou siren. O jogo não apela muito pro gore, se concentrando mais em monstros, fantasmas e zumbis. As criaturas do game são muito bem trabalhadas, passando realmente a sensação de ódio s sofrimento que esperamos no purgatório. Isso ajuda a dar um clima ainda mais assustador ao jogo.

Resumo




Apesar de nunca ter sido lançado fora de terras nipônicas, o jogo é uma ótima pedida tanto para fãs de survival horror, quanto pra jogadores de mente aberta que gostam de novas experiências.

Até a próxima, com mais um joguinho bem obscuro do ps2 !

7 comentários:

  1. Ah muitos jogos japoneses lançados somente lá,mas que são ótimos.Sem dúvida o blog deveria fazer análises de mais desses jogos desconhecidos,as coisa novas são interrssantes,e os jogos japoneses são achados em sites para download.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Ja tinha lido sobre este game, agora deu vontade de jogá-lo! Talvez tenha algum patch de tradução feito por fans, assim como fizeram com Shadow Tower Abyss, que aliás seria bom uma análise deste também!

    ResponderExcluir
  3. Não cheguei a joga-lo, mas vi uns vídeos dele no Youtube que me tiraram o ânimo. Não que o game seja ruim, mas é que o formato do jogo, a jogabilidade não é meu estilo.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da análise, vou ver se acho ele para baixar.
    E viva o Playstation 2.

    Aqui tem uns vídeos legais também:
    http://www.youtube.com/user/MhanolloGhames

    ResponderExcluir
  5. Tinha visto essa análise no blog há um tempo atrás e fiquei bem curioso pra saber como é jogo em si. Vi uns vídeos no Youtube que ao contrário do Vinicius, fiquei ainda mais curioso pra jogar. Há um tempo atrás baixei o jogo por um site e hoje gravei ele num cd e joguei no meu ps2. Até agora estou gostando do jogo, ele tem um estilo diferente de todos os jogos que eu tinha jogado. Muito bom realmente gostei do game.

    ResponderExcluir
  6. Hehe, nada que um patch AMERICANO não resolva, fui baixar Hungry Ghosts, t+ personas.

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D