22 de mar de 2012

Análise: Resident Evil - '''Aniversário 16 anos de lançamento' no PS1''




Ano de Lançamento: 1996
Desenvolvido por: Capcom
Distribuído por: Capcom
Gênero: Survivor Horror

A exatos 16 anos essa obra prima dos vídeo games foi lançada. Isso mesmo, o dia 22 de Março está marcado também como a marca inicial da franquia Resident Evil (Bio Hazard no Japão). Quando me refiro a data de lançamento, logicamente estou me baseando no lançamento do jogo no Japão, coisa mais que corriqueira nas gerações passadas.

Sem exageros, não vou dizer aqui coisas como “Resident Evil é o melhor jogo do mundo” e tal, ou mesmo primeiro jogo de “Survivor Horror”, nada disso, o game originalmente lançado para Playstation 1, bebeu de diversas fontes para chegar no resultado que todos conhecemos. Shinji Mikami, o cara que estava por traz do game, já declarou diversas vezes que se inspirou em um jogo de Nintendo chamado Sweet Home, um game atípico onde um grupo de pessoas encaravam uma aventura meio aterrorizante em uma mansão. Somando-se a isso ao gosto de Mikami pelos filmes de terror (que incluía aí os zumbis) estava tudo conspirando para algo novo. Foi então que a capcom deu carta branca ao cara para um projeto novo e original, e então nasceu Resident Evil.



 O game é muito bom, e para época foi ainda melhor, imagine romper a barreira de uma geração de gamers acostumados a jogar Super Mario World, bomberman, ou mesmo Stret Figther com um jogo 3d com um clima cinematográfico incrível (para a época) e sombrio. No ínicio do game a cutcene de apresentação do jogo é Ful Motion Video e mostra os personagens do jogo em Live Action. Na cena, o Alpha Team do esquadrão STARS de Raccon City se vê acuado por cachorros carnívoros quando investigavam o desaparecimento do Bravo Team nos arredores das Montanhas Arklay. Na fuga o time é abandonado pelo seu Helicóptero de apoio e terminam por se refugiar na mansão que eles encontram em meio ao caos. Você pode jogar com dois personagens, Jill Valentine ou Chris Redfield, e terá que explorar a mansão que é enorme.


Na mansão a trama se desenrola quando em suas investigações você se depara com zumbis. Com o tempo e progresso no game você acaba descobrindo mais sobre a mansão, os zumbis e monstros no local, e até mesmo sobre o real motivo do Alpha time estar ali. Dependendo de com qual personagem você jogue, o enredo terá leves mudanças, e no fim você poderia ainda destravar um dos três finais disponíveis para cada um dos personagens.



A jogabilidade do game era bem precária e diferente para a época, uma vez que as câmeras eram fixas, o que fazia com que às vezes você tivesse  trabalho para se adaptar a maneira de se movimentar. O game trazia desafios bem apurados, o que necessariamente exigia uma grande precisão por parte dos jogadores.

Fatores determinantes para a alta dificuldade do game são também seus grandes méritos, como a escassez de munição (essencial para sobrevivência contra monstros e zumbis) e de itens de cura.

Os gráficos não eram uma maravilha, mas na época, já demonstravam bem o potencial do Ps1. Os cenários pré-rederizados apesar de estáticos, eram muito bem feitos e davam um charme ao jogo.



Mesmo com defeitos e com pouca publicidade em cima do lançamento do game, Resident Evil  logo ganhou sua versão americana e teve sua continuação confirmada, mais ou menos um ano após o lançamento original do game, o jogo foi relançado como uma nova versão “Resident Evil Director Cut”, que trazia o mesmo game original, e mais dois modos, Arranged com uma dificuldade maior do que a original e com salas com câmeras diferente (Isso era muito massa) e um modo para Iniciantes.

Não dá para esconder a felicidade de ter podido jogar esse game tempos atrás na época em que o PS1 já estava saindo de linha (Não joguei na época de seu lançamento). O que posso dizer é que este é um jogo realmente eterno, que pode ser jogado até hoje, tanto no PS1, no Ps2 (Com o disco do PS1), no PS3 e no PSP (o jogo esta disponível na pstore para os dois últimos consoles).

Game Eterno, para Consoles Eternos.
Feliz Aniversário Resident Evil!!!!

Obs: O game também foi lançado para Pc, Sega Saturn, Nintendo Ds e teve também uma versão móbile. Recebeu também um Remake para GameCube da Nintendo.

9 comentários:

  1. Em primeiro lugar, Feliz aniversário Resident Evil. Nossa, é uma das minhas séries de games e filmes favoritas. Mas sobre o primeiro game, eu tinha um ano quando ele foi lançado, lembro que conheci ele quando eu tinha sete anos, lembro muito bem do medo que sentia quando via os meus tios, amigos e irmão jogarem ele. Quando pequeno sempre tive muito medo e ódio desses negócios de horror, mas por algum motivo simpatizei com Resident Evil, embora não conseguisse jogar, achei interessante e certo dia encarei, e nunca mais larguei, tenho até hoje o game e o meu PS1. Tenho muito a agradecer todos que fizeram parte de RE, pois foi uma das melhores partes da minha vida como gamer. VLW mesmo.
    Quanto ao blog, incrível, é isso aí PS2 Eterno,
    um dos poucos blogs a lembrarem do aniversário do clássico (que até eu esqueci).
    VLW

    ResponderExcluir
  2. e eu so tenho a dizer q esse foi o melhor game q eu ja joguei na minha vida e o resto eu era q nem o cara ai de cima tinha muito medo mais depois joguei todos da serie e fui muito feliz esse blog é show

    ResponderExcluir
  3. resident evil é o melhor game do genero

    ResponderExcluir
  4. é o melhor nao tem pra ninguem resident do pay 1

    ResponderExcluir
  5. ja joguei o 3 nemesis no ps1 muito foda se e dava mais medo por assim dizer que o resident 4 em diante é muito legal eu gosta do ps1 e ps2 e da séri resident evil. Parabens pelo seus trabalhos #ps2eterno

    ResponderExcluir
  6. Jogo horrivel quanto a analise

    ResponderExcluir
  7. A série Resident Evil é um ícone dos games, tem seu lugar garantido na história dos games. No entanto os filmes do série são uma porcaria, pintaram e bordaram com RE. Em termos de terror, não acho que RE impressiona, Silent Hill passa por cima de RE nesse quesito. Mas a jogabilidade e o estilo de jogo de resident evil, ficar pegando e combinando itens aqui e ali, alguns quebra-cabeças interessantes(embora simples)e cenários e monstros de encher os olhos são o diferencial de Resident Evil,para sempre uma das melhores da franquias já lançadas no mundo dos games.

    ResponderExcluir
  8. Depois do resident evil 3: nemesis, so veio merda

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D