17 de mar de 2012

Análise: Resident Evil code Veronica X



Ano de Lançamento: 2001
Desenvolvido por: Capcom
Distribuído por: Capcom
Gênero: Survivor Horror

Resident Evil Code Veronica X, foi inicialmente desenvolvido para o console da Sega, o Dreamcast. Passado mais ou menos um ano de seu lançamento original, o Playstation 2 ganhou sua versão, com pequenas melhorias e mais cutcenes em CG. O game praticamente é o mesmo, e dessa forma também traz os gráficos de sua versão original, não fazendo uso completo do hardware da Sony. Apesar de se tratar de um port, Resident Evil Code Veronica X é obrigatório para quem é fã da série, uma vez que o game é muito importante para desenrolar da história principal da série.

O  jogo

Resident Evil  Code Veronica  foi o primeiro jogo da série desenvolvido para a 6ª geração, e um aspecto muito interessante nisto é a completa modelação dos cenários em 3d, muito competente para época. O game conseguiu ampliar a jogatina em relação aos seus antecessores, uma vez que o gameplay é bem longo com idas e vindas e com um mapa gigantesco.



O game mantém a jogabilidade clássica da série com algumas melhorias na movimentação e nos gráficos. A câmera do jogo mantém aquele aspecto cinematográfico, marca registrada da série em seu início. Os inimigos comuns do game continuam sendo os zumbis, mas muitos monstros foram acrescentados ao game como um todo, os bandersnatch com longos braços e grande resistência são um bom exemplo destes novos inimigos.

A história

 O cenário desta vez não é Raccon City, mas sim a Ilha Rock Fort, lar de uma família muito influente para a Umbrella, a família Ashford. A personagem principal do game Claire Redfield se encontra encarcerada na ilha, após ter sido capturada tentando invadir a sede da Umbrella na Europa. A trama se desenvolve quando misteriosamente o t-virus se espalha pela ilha, deixando-a em total calamidade. Libertada, Claire se vê sozinha neste local hostil e desconhecido, onde terá que lutar para sobreviver.
A história traz reviravoltas muito interessantes, e mais personagens para enriquecer a trama, em grande parte do jogo controlaremos Cris Redfield, irmão de Claire e figurinha carimbada da série. O próprio, praticamente se torna protagonista principal do jogo, do meio para o fim. Também temos a participação de um dos sobreviventes da Ilha, Stevie Burnside, que auxilia Claire em alguns momentos criando fortes laços com ela.
Na medida que o jogo se desenvolve, a trama muda de ambiente e mostra as origens da família Ashford, assim como a verdade por traz do incidente na ilha, também nos é apresentado o vírus Code Verônica tão importante no game.

Avanços

O game consegue transcender a limitação da geração anterior, quando apresenta gráficos melhores e uma boa movimentação, as cgs do game também seguem bem a evolução de inicio da geração de 128 bits. O game é bem mais longo do que seus antecessores, e conta com uma boa variedade de armas. A trilha sonora tem um nível muito bom, contando com músicas muito sinistras seguindo o estilo do jogo.



Limitações

Apesar de tudo, para os padrões possíveis no ps2, os gráficos logo se tornaram ultrapassados, uma vez que são baseados na engine do Dreamcast (que mal tinha sido explorada quando o jogo saiu).

Replay

O game contém alguns extras a serem desbloqueados na  jogatina. O Battle Game é o principal deles, baseando-se em eliminar todos os inimigos em determinadas salas para poder prosseguir no game, fazendo as melhores pontuações e destravando novos personagens e armas.


Por fim, pode-se dizer que o game apesar de um port é uma boa opção para quem gosta de survivor horror por mostrar ainda a fórmula inicial da série Resident Evil. Se você suportar os gráficos datados não vai se arrepender, já que o game tem uma ótima trama.

Obs: Recentemente o game foi remasterizado em HD juntamente com o Resident Evil 4 como parte da comemoração dos 15 anos da série, e foi lançado para PS3 e Xbox 360.

26 comentários:

  1. Esse sim que é um Resident evil de verdade, a o contario da porcaria do Resident Evil 4 em diante.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo jogo, joguei uma vez em um Dreamcast emprestado e não pude jogar até o fim, hoje com meu Play2 eu consegui chegar até a última parte do jogo.

    ResponderExcluir
  3. ótima análise... Nunca joguei o Code Veronica, mas me parece ser bom, é muito bom ver novas análises por aqui galera!

    ResponderExcluir
  4. Excelente análise de um excelente jogo.
    Mas é um jogo que não consigo jogar, é muita pressão, as músicas, os cenários sombrios, os cães e tudo mais, me deixam arrepiado (estranho, pois essa é a graça do jogo).
    Vocês podem me explicar o que é um port?
    VLW

    ResponderExcluir
  5. Vinicius: Port seria um jogo que foi desenvolvido para um determinado console (nesse caso, o Dreamcast), e algum tempo depois é lançado para outro console (nesse caso , o Playstation 2).

    Espero ter ajudado =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, imaginei que fosse isso, mas como não tinha certeza...
      VLW

      Excluir
  6. esse jogo é muita adrenalinha, pois não consigo jogar esse game tranquilamente,muito tenso.

    ResponderExcluir
  7. esse e o melhor resident de todos junto com o 2 e o 3 na minha opiniao

    ResponderExcluir
  8. É meu Resident evil preferido,nem tenho mas conta de quantas vezes já o rezei.É um game incrível e com os melhores personagens da série...Amei esse jogo.

    ResponderExcluir
  9. É ÓTIMO. ESTOU JOGANDO E VOU VIRAR. UM ABRAÇO À TODOS.

    ResponderExcluir
  10. O Jogo é incrível. Joguei ele em 2007 no play2. Este mês instalei o pcsx2 (emulador de play2) e estou jogando de novamente. Ainda bem que eu abri minha mente e hoje não acho que os jogos antigos são ultrapassados e que eu tenho que jogar só os games atuais com o gráfico no Ultra, graças a isto eu estou me divertindo muito jogando este game incrível. Estou jogando o Ghost Recon Future soldier também, hehe

    Abraço

    ResponderExcluir
  11. esse jogo é bom e na minha opiniao é o melhor do ps2 que é uma versao melhorada do sega DREAN CAST .

    ResponderExcluir
  12. jOGAR RESIDENT EVIL CODE VERONICA

    ResponderExcluir
  13. Completei com o emulador de dreamcast, utilizando o omatic para munições infinitas..., realmente é muito tenso

    ResponderExcluir
  14. kkkkkkkk o pessoal reclamando que o terror "sumiu" de RE4 em diante. Resident evil só dava medo quando nós tinhamos 10,11 anos! se uma pessoas de 20 e poucos anos for jogar RE2,3 NÃO vai sentir medo nenhum, ninguém é mais criancinhas pra levar sustinhos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não são os sustos, mas o clima sombrio e envolvente. Quando jogava os primeiros dava pra sentir a tensão da situação representada...

      Excluir
    2. Isso porque você tinha 12 anos Alexandre. E não esquece que a tia Vani vai fazer a festa dela no clube da XV. Já confirmei e você?

      Excluir
  15. aff odeio quando os trouxas não param de falar "Pra min resident evil terminou no 3" vão tomar no cu seus pal no cu! não gosta do RE4,5 e 6 vão se fuder

    ResponderExcluir
  16. Nossa, quanto raiva no coração de um Sr Anonimo, a questão é meu caro, que nós falamos que acabou no 3 ou melhor no Code: Veronica, pq sumiu o suspense de antes, gosto do Do RE 4,5 e estou zerando o 6, porem eles se perderam, onde ja se viu, nos primeiros RE, vc poder comrpar armas???No proprio Code:Veronica, vc tinha que usar fazquinha para poder ter balas sobrando!!Os novos RE são diferentes, e não que isso seja ruim!!Só que não tem o mesmo espírito!!

    P.S: Resident Evil Code: Veronicaa para mim é o melhor da série!!xDD

    ResponderExcluir
  17. resident evil 4 5 e 6 não é porcaria mas tem que ter mais de 15 anos de idade para entender

    ResponderExcluir
  18. isso sim e re de verdade,ao contrario do 4 que so tem grafico

    ResponderExcluir
  19. e ai galera eu estou com muitas dificuldades nesse jogo tem algum codigo pra deixar com municao infinita ?

    ResponderExcluir
  20. e ai galera eu estou com muitas dificuldades nesse jogo tem algum codigo pra deixar com municao infinita ?

    ResponderExcluir
  21. Pra mim esse é o melhor da série, muito massa !

    ResponderExcluir
  22. O jogo mais difícil da série, nunca consegui fechar com um ranking A.

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D